more less Fundo Normal Fundo Escuro Fundo com Luz



(15/03/2019) - Internos deverão produzir móveis planejados para núcleos da Defensoria por meio de termo de cooperação

 
  • slide 1
    Internos deverão produzir móveis planejados para núcleos da Defensoria por meio de termo de cooperação

Internos que trabalham nas oficinas de marcenaria do sistema prisional do Maranhão poderão, em breve, produzir móveis planejados para a Defensoria Pública do Estado. A parceria foi discutida durante reunião em que participaram o titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Murilo Andrade, o defensor-geral do Estado, Alberto Bastos, acompanhado pelo subdefensor da DPE, Gabriel Furtado.


As duas instituições estão fechando o acordo, por meio de termo de cooperação que será assinado no próximo dia 26. A ação faz parte de um conjunto de iniciativas, colocadas em prática nos últimos meses, para que a Defensoria continue avançando a despeito do cenário de crise que ainda assola o país. A intenção é que a mobília contemple, primeiramente, o núcleo ecológico da DPE que será implantado na região do Itaqui Bacanga, em São Luís.


“A Defensoria Pública contará com mobiliário de qualidade, haja vista os móveis já produzidos para a nova sede da Seap. Além disso, contribuiremos para ressocialização dos presos, por meio do trabalho, , e por fim, representara mais economicidade, pois a DPE só arcará com os custos da matéria prima utilizada para fabricação dos móveis ”, destacou Alberto Bastos, durante a reunião, que também serviu para a entrega de centenas de livros doados pela DPE para as bibliotecas da Seap.


Durante a reunião, Murilo Andrade explicou aos defensores públicos a importância deste tipo de dispositivo para o sistema prisional, ressaltando ainda a parceria sólida com a Defensoria Pública. “O trabalho desenvolvido entre nós e a Defensoria é sempre profícuo, dando ótimos frutos, priorizando a garantia de direitos aos detentos, consequentemente colaborando com o ordenamento do sistema penitenciário maranhense e para o bem-estar da sociedade como um todo”, concluiu o gestor.


O termo de cooperação contemplará outras medidas voltadas para ressocialização, como a contratação de internas para trabalhar na instituição e fabricação de fardas para servidores e ações sociais.

QUER ATENDIMENTO?
AGENDA INSTITUCIONAL

INFORMAÇÕES GERAIS
Horário de funcionamento:
    • São Luís
    • Sede:
      Segunda a sexta das 7h às 17h

    • Núcleo do Consumidor:
      Segunda a sexta das 8h às 17h

    • Núcleo de Execução Penal:
      Segunda a sexta das 8h às 17h

    • Sala de Atend. Fórum Desembargador Sarney Costa:
      Segunda a sexta das 8h às 17h

    • Núcleos regionais
    • Segunda a Sexta das 8h às 17h

    • Plantão
    • Diariamente das 17h às 7h
    • (98) 3232-2390 –Ramal-4

Galeria de fotos

+Fotos

Galeria de vídeos

+Vídeos



+Jornais